PROJETO BANANA-TERRA

OFICINAS INTERATIVAS | REGULAMENTO DE PARTICIPAÇÃO

ETAPA CENTRO-OESTE

 

Se você chegou até aqui, é porque de alguma forma se mobiliza a favor da mudança positiva.

O ativismo jovem tem uma enorme capacidade de transformação. Por isso, o projeto Banana-Terra quer fortalecer uma rede de ativistas que, como você, vêm promovendo a mudança Brasil afora.

Neste documento você encontrará tudo que precisa saber sobre o projeto e como você pode fazer parte dele.

Pode ler tudo, ele foi feito pra você!


O que é o Projeto Banana-Terra


O Projeto Banana-Terra foi criado a partir de uma parceria entre o Greenpeace Brasil e a Anistia Internacional Brasil. Nosso objetivo é fortalecer e fomentar uma rede de jovens ativistas que atuam e/ou se interessam em saber mais sobre a proteção de defensores e defensoras de direitos humanos e ambientais presentes em contextos de conflito por terra e recursos naturais no Brasil. Nosso foco é a juventude. E para dar força a essa rede cheia de energia para que ela tenha cada vez mais conquistas, nada melhor do que promover conexões através do conhecimento.


Para dar forma a tudo isso, o projeto possui três oficinas interativas e participativas, que acontecem em cidades das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país. Assim, com a participação de ativistas dessas regiões em nossas atividades, pretendemos gerar soluções, trocas, informações e muita ação e dar um pontapé inicial para a criação de uma rede que irá fortalecer cada vez mais defensores e defensoras em todo o Brasil. Duas oficinas já aconteceram e foram realizadas nas regiões norte e nordeste.



Quem pode participar dos Workshops?


Jovens ativistas, com idade entre 18 e 29 anos, envolvidos e/ou interessados em atividades, coletivos e/ou organizações que lutam pelos direitos humanos, mais especificamente relacionados com a causa ambiental, de recursos naturais e pela terra.  

 

Buscamos jovens que mobilizem pessoas e comunidades, e que já tenham envolvimento com questões envolvendo sustentabilidade, direitos e justiça para todas e todos no Brasil. Pessoas que acreditam na mudança e na diversidade e que estão dispostos a atuar pelo fortalecimento da luta de defensores e defensoras atuantes em sua região.

 

A próxima oficina será dedicada a jovens ativistas que residam e atuem em cidades e comunidades de qualquer estado da região Centro-Oeste do Brasil (Distrito Federal, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul).

 


Responsabilidades do Projeto Banana-Terra


O projeto Banana-Terra cobrirá todos os custos de deslocamento, estadia e alimentação para as pessoas que forem selecionadas e cuidará da logística durante os dias de realização da oficina. Também oferecerá todos os materiais e conteúdos básicos, sem custos para participantes.


Responsabilidades das e dos participantes

 

Ter disponibilidade para participar impreterivelmente dos três dias da oficina, que acontecerá em fevereiro de 2019, em uma cidade da região Centro-Oeste. A depender da cidade origem, pode ser necessário o deslocamento um dia antes do primeiro dia de oficina, e o retorno poderá ser um dia depois da sua finalização.

 

Participar de todas as Missões atividades promovidas pelo projeto online e de forma presencial, além de ter disponibilidade para realizar mobilizações (palestras, atividades, ações de mobilização, etc) em suas comunidades, pelo período de seis meses após a participação na oficina.

 

As missões deverão ser cumpridas integralmente e no prazo estipulado pela equipe do projeto.

 

Elaborar um relatório de atividades ao final dos seis meses de projeto, e responder às avaliações periódicas enviadas pela equipe do Projeto Banana-Terra.


Fundo de Inovação


Para ajudar a tirar aquela ideia genial do papel, reservamos um fundo com o intuito de fomentar projetos de impacto nas questões envolvendo a promoção e proteção de direitos humanos, especialmente quando relacionadas ao meio ambiente, terra e recursos naturais.

 

Todas e todos as participantes das oficinas poderão submeter propostas para o fundo.

 

Os projetos serão selecionados por uma comissão formada por membros das equipes do Greenpeace Brasil e Anistia Internacional Brasil. O lançamento do edital para submeter projetos ao Fundo de Inovação acontecerá após o primeiro Workshop, com data a ser confirmada pela equipe.


Como se inscrever


Serão aceitas as inscrições feitas apenas através do formulário online disponível em http://www.bananaterra.org.br até às 23:59 do dia 09 de dezembro de 2018.

 

O formulário de inscrição deverá ser preenchido integralmente. A ausência de dados ou informações solicitadas será levada em consideração durante o processo de seleção.

 

Não serão aceitas inscrições que não cumprirem os critérios de participação ou forem enviadas fora do período informado.

 

É importante ressaltar que, uma vez realizada a inscrição, não é possível fazer alterações nas informações enviadas. No caso de inscrições recebidas em duplicidade, iremos considerar apenas as últimas informações recebidas.

 

O resultado, positivo ou negativo, será informado através do e-mail cadastrado no ato da inscrição em até 10 dias úteis após a finalização do prazo informado.

 

Para as pessoas que receberem o e-mail informando sua seleção para o Projeto, a confirmação de participação será feita de duas formas:

 

- Resposta às orientações enviadas por e-mail em até 72h após o seu recebimento;

- Serão feitas até três (03) tentativas de contato via telefone.

 

Caso não haja nenhum tipo de resposta aos contatos da equipe, o candidato ou candidata será automaticamente desclassificado e outra pessoa será integrada ao time selecionado.

 

Ao se inscrever, você concorda com todas as especificidades deste regulamento.

 

IMPORTANTE! O formulário virtual não dispõe da ferramenta SALVAR e deve ser preenchido integralmente numa única ação. Deste modo, leia e releia tudo que for informado durante a sua inscrição. Uma dica é copiar o seu texto em outros programas, como Word, por exemplo.


Dúvidas?

Bateu aquela dúvida? Manda um e-mail pra gente: contato@bananaterra.org.br.

 

Os casos não citados neste regulamento serão analisados individualmente pela equipe do projeto. ;)